Aconteceu em Rio Bananal: Prefeito Felismino do PSB deixa Bolsa Família abandonado – A única funcionária está de férias

O Prefeito Felismino do PSB, deixa programa mais importante do governo sem funcionário. Segundo o portal da transparência 8,37% da população ribanense recebem Bolsa Família.

Para a opinião pública, o programa só tem um pai: Lula. Sem ele, seria local, menor, destinado a grupos muito especiais. Não teria se transformado no que é hoje. Felismino não pode ficar longe do programa, mas há coisas contra as quais é impossível lutar.

Diz a sabedoria popular que filho feio não tem pai. Que ninguém assume a paternidade de algo de que as pessoas não gostam, seja lá por qual motivo for.
Da expressão se deduz o inverso, que todos querem ser pais dos filhos bonitos. Não há quem não pose de responsável por eles.

“Esse programa tão importante só tem uma funcionária para fazer cadastramento, renovação, pra tudo, é só uma pessoa”, reclama uma beneficiada. Conforme a denúncia dos moradores do entorno do Cras de Rio Bananal, a moradora afirma não estar funcionando o setor de atendimento do bolsa família na unidade.

Uma senhora de 51 anos, disse ter muita gente reclamando que estão com o benefício bloqueado ou cancelado e não tem ninguém pra alimentar o cisterna e resolver o problema da Família, essa problemática tem levado muitas famílias para Linhares na caixa econômica em busca de solução, vão contando com o dinheiro e voltam para casa de mãos vazias.

De acordo com o banco de dados do governo 1581 pessoas estão recebendo benefícios do Bolsa Família. Mas, muitas famílias foram surpreendidas com o bolsa Família fechado nesta segunda feira,(12) e sete pessoas entraram em contato conosco hoje, que estiveram que ir até em Linhares no desespero e na confiança de receberem, perderam a viajem.

Segundo uma pessoa do entorno do Crás muitas pessoas do interior também vieram para sacar o benefício na lotérica, na esperança e contando com o benefício, que para muitos que não precisam e acham pouco, mais ajuda e muito na compra de alimentos e até algo, como material escolar e outras coisas para as crianças.

Leia mais sobre essa notícia.

A família tem que ir ao CRÁS, se nunca fez, portar documentos pessoais de todos que moram na casa, talão de energia, se estiver criança acima de 06 anos, levar também declaração escolar, o cadastramento é feito na hora, declarar a renda da família, esperar mais ou menos um mês se foi aprovado, daí acompanhar se foi liberado o benefício.

“Eu fui lá e falaram que estava sem uma pessoa no Bolsa Família, que a funcionária estava de férias e não sabia quando ia voltar. A prefeitura sem pessoa pra isso, está fazendo falta [dinheiro] em casa mesmo, muita falta. Fralda estou tendo que pedir emprestado o dinheiro, fralda e leite que era o que eu mais comprava e as coisas para elas [minhas filhas] comerem”, diz a dona de casa.

É sabido que outros anos atrás haviam duas pessoas para fazer o atendimento: Beneficiários que recebem há muitos anos, disseram que nunca viram tanta falta de respeito com os mais necessitados, um senhor disse ser vergonhoso!

Recadastramento Bolsa Família 2018: Prazo, Como fazer e Documentos

Com o recadastramento Bolsa Família 2018 é possível manter os benefícios do programa do Governo. O processo é feito pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Através do recadastramento Bolsa Família 2018 é possível que os beneficiados continuem recebendo o recurso. Para saber como deve ser feito veja a seguir!

Recadastramento Bolsa Família 2018

O procedimento é coordenado pelo Governo e tem como objetivo atualizar os dados do programa conforme beneficiário.

Através do cadastro é organizado as informações dos familiares além de ter seus dados atualizados. No processo acontece a renovação para garantia dos benefícios sociais.

Atualmente existe mais de 79,2 milhões de pessoas cadastradas no banco de dados. Cada pessoa possui 145 variáveis de dados que pode chegar a aproximadamente 10 bilhões de campos informativos!


Quem pode realizar o Recadastramento Bolsa Família 2018?

Para quem fez recadastramento 2018, sabe que pode participar do programa se:

  • Familiar mensal superior a esses limites, mas a inclusão esteja vinculada a um programa específico;

  • Famílias que tenham renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou com renda familiar total de até três salários mínimos.

*Em todo caso, a inscrição da família no Cadastro Único não garante a entrada!


Cadastro Bolsa Família 2018

Em todo caso antes do recadastramento, para entrar no programa é preciso realizar o seu cadastro Bolsa Família 2018 de maneira correta:

  • A família deve ser responsável por responder às perguntas da entrevista de cadastramento;
  • É necessário ter 16 anos e, de preferência, ser uma mulher;
  • Todas as pessoas que moram na mesma casa e dividem renda precisam estar cadastradas em uma mesma família.


Documentos obrigatórios para fazer o recadastramento

Para o recadastramento Bolsa Família 2018, o responsável da família precisa:

  • Seu Cadastro de Pessoa Física o CPF;

  • Seu cartão da bolsa família;

  • Título de eleitor (é necessário estar com o título em dia com a justiça eleitoral);

  • Um documento de identificação original com foto (RG, CNH entre outros).

  • Carteira de trabalho dos membros economicamente ativos;

  • Certidão de nascimento;

  • Comprovante de matrícula escolar (no caso de crianças e jovens entre 0 e 17 anos de idade;

  • Comprovante de residência válido dos últimos três meses.


Solicitação de recadastramento Bolsa Família 2018

A solicitação do recadastramento, ocorre:

  • Para revisão cadastral, quando os usuários apresentam informações cadastrais incompatíveis com os dados reais;

  • Para averiguação quando os usuários precisam renovar suas informações para atualizar o cadastro.

Além disso, com a recadastramento Bolsa Família 2018 a atualização dos dados dos beneficiários precisa ser feita sempre que houver mudança na situação da família ou, no máximo, a cada dois anos. Ainda evita o bloqueio ou perda do benefício.


Prazo de recadastramento Bolsa Família 2018

O recadastramento deve ser feito no prazo de um ano após o cadastramento para assegurar o pagamento e evitar fraudes.

Em algum caso o extrato bancário traz avisos sobre atualização. Com o procedimento do recadastramento Bolsa Família permite a regularização e evita o bloqueio.

*Caso tenha outra dúvida sobre o programa entre na página oficial.


Etapas do recadastramento Bolsa Família 2018

O recadastramento Bolsa Família 2018 pode ser feito:

  • O cidadão é convocado por meio de cartas ou mensagens. No documento é apresentada a necessidade da atualização cadastral para evitar possíveis bloqueios e cancelamentos do benefício.

  • Após, basta ir ao setor responsável pelo Bolsa Família de acordo com seu estado no prazo do Ministério do Desenvolvimento Social, o MDS.

  • Siga as orientações e atualize o seu cadastro.

O lado da prefeitura…

Fomos informados que dia de sexta-feira, o Cras de Rio Bananal não funciona, é só expediente interno. Não conseguimos falar com a secretária de assistencia social do Crás, o site Bananal Online deixa o espaço aberto caso queiram fazer o uso dentro deste contexto.

Dona encrenca…

Talvez isso dificulta o acesso dos menos favorecidos. Já que é assim deveria ter divulgação para ninguém perder viagem.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here