Ademir Lúcio, se recusa a responder as perguntas na CPI dos Maus Tratos

Ademir é acusado pelo estupro e morte de Thayna, 12 anos, e de outra menina de 11 anos

C.DR
(Foto: Mayra Scarpi)

O acusado pelo estupro e morte de Thayna, 12 anos, e de outra menina de 11 anos, Ademir Lúcio Ferreira, se recusa a responder as perguntas na CPI dos Maus Tratos. Ademir é o segundo acusado a depor na CPI nesta sexta-feira (25).

No início do depoimento, ele tampou o rosto e alegou ter direito constitucional de não ser filmado. O senador Magno Malta destacou que seu direito constitucional garante não ser obrigada a responder às questões, mas que é o senador quem decide sobre a filmagem. Ademir alega ainda ser torturado na prisão e ter prestado depoimento à polícia sob tortura.

No restante das perguntas, o acusado apenas afirma não ter nada a declarar. Ele não respondeu sobre o estupro contra a menina de 11 anos e sobre o caso de Thayna.

O depoimento continua nesta manhã. A CPI tem ainda nesta sexta o depoimento de Clemilda de Jesus, mãe de Thayna, e uma acareação entre os dois.

Fonte Tribuna Online.

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here