Adolescente vivia como “mulher” de feirante desde os 11 anos

Polícia Civil descobriu que homem de 57 anos morava em “matrimônio” com adolescente de 17 anos há seis anos

Um feirante de 57 anos é suspeito de estupro de vulnerável em Vila Velha. A Polícia Civil descobriu que ele vivia com uma adolescente de 17 anos desde quando ela tinha 11 anos de idade. A Polícia vai investigar também a denúncia de que ele agredia a menina dentro de casa.

O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Vila Velha, na manhã desta segunda-feira (20). Ela é mãe de dois filhos do feirante, um 2 anos e o outro de seis meses. O feirante e a vítima foram conduzidos à delegacia por policiais da própria unidade.

O caso surgiu por meio de denúncia anônima que citava que ela era mantida em cárcere privado, o que não foi confirmado,  segundo a delegada Maria Aparecida Sfalsini.

De acordo com a a delegada, a mãe da adolescente deixou que ela morasse com o feirante em troca da compra de remédios.

“Segundo os fatos, a mãe dela teria deixado ela morar com esse senhor em troca de pagamento de remédios porque ela era doente, inclusive ela hoje é falecida. Não sabemos qual tipo de crime. Maus-tratos, vamos ver se nesse tempo ela estava sofrendo maus-tratos. Cárcere privado não observamos. Quanto ao estupro de vulnerável, nessa idade de 11 anos, é considerado estupro de vulnerável, que é um crime muito grave, mas vamos investigar tudo isso”, conta

Fonte: CBN Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here