Amaro Neto fica no Solidariedade e confirma disputa ao Senado

Foto: Reprodução

Das duas vagas para concorrer ao Senado em 2018, uma é do deputado estadual e apresentador de TV, Amaro Neto (SD), campeão de votos no Estado e que por pouco não derrotou o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), nas eleições de 2014.

A indicação foi dada nesta sexta-feira (23) em reunião de Amaro com o deputado federal Carlos Manato, presidente estadual do Solidariedade, e confirma o  diálogo ocorrido há pouco mais de um mês, quando Amaro comunicou ao governador Paulo Hartung, em conversa reserva, que não abriria mão de disputar o Senado.
Segundo nota distribuída pelo partido, na convenção estadual do próximo dia 22 de março, Amaro assume a “presidência de honra” da legenda no Estado, com a missão de conduzir a coligação majoritária em 2018. O deputado estadual será empossado pelo presidente nacional, deputado federal Paulinho da Força, que virá ao Espírito Santo especialmente para isso.
Com essa sinalização, volta à tona a carta em apoio à disputa de Amaro ao Senado assinado em agosto de 2017 por 19 deputados estaduais, incluindo o líder do governo na Assembleia, Rodrigo Coelho (PDT).
Os deputados defendem a ideia de que Amaro seria um bom representante desse grupo político na disputa ao Senado. Essa movimentação, por outro lado, fortalece palanque dos próprios deputados, candidatos à reeleição.
Estão na lista de apoiadores à candidatura de Amaro ao Senado o presidente da Assembleia, Erick Musso, Marcelo Santos, Luzia Toledo, Gildevan Fernandes e José Esmeraldo, todos do PMDB; Raquel Lessa (SD), Rodrigo Coelho (PDT), Janete de Sá (PMN), Dary Pagung (PRP), Enivaldo dos Anjos (PSD), Jamir Malini (PP), Marcos Mansur (PSDB), Rafael Favato (PEN), Gilsinho Lopes (PR), Sandro Locutor (Pros), Eliana Dadalto (PTC), Hudson Leal (Podemos) e os petistas Nunes e Padre Honório.
Com essa decisão, Amaro Neto passa correr mais solto, sem tutela pesada do Palácio Anchieta, embora mantendo uma aproximação. As composições para as vagas ao Senado ficam cada vez mais complicadas no Estado e o deputado estadual tem aparecido bem posicionado em todas as sondagens internas realizadas até agora, confirmando o potencial eleitoral já testado nas urnas e o apoio manifestado por várias  correntes políticas.
Informações Século Diário
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here