Assessor de vereador é preso junto com quadrilha que tinha fuzil e até dinamite

Uma operação da Polícia Civil para prender criminosos do Complexo da Penha, escondidos na Grande Vitória, terminou com sete pessoas presas com várias armas de grosso calibre como fuzil e até dinamites, além de drogas, celulares e dinheiro. Um assessor de um vereador de Viana está entre os detidos. Um menor de idade de 17 anos também foi detido.

Material apreendido pela polícia  (Foto:Divulgação/PCES )

Material apreendido pela polícia (Foto:Divulgação/PCES )

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (Sesp) a operação aconteceu nas cidades de Vitória, Cariacica, Serra e Viana. Foram presos: Felipe Almeida de Souza, 24 anos; Heder Luis Lopes, 29; Tiago Almeida Hemlmer, 33;Phelipe Ramalho Bento, 30; Rogério Pereira Narciso, 39; Weligton de Souza, 23 e Dayane Loreiro, 26 anos.

Na casa de Felipe Almeida de Souza, autuado por posse ilegal de arma de fogo e munição de uso restrito, os policiais apreenderam um fuzil calibre 5.56 e 94 munições da mesma arma. As investigações apontam que Felipe guardava o fuzil e as munições para traficantes do Complexo da Penha. Ele foi preso no bairro São Pedro, em Vitória.

Já Heder Luis Lopes, que é assessor de um vereador de Viana, foi autuado por tráfico de drogas, posse ilegal de munições de uso restrito. Os policiais apreenderam dentro da residência dele 500 munições de fuzil calibre 5.56, 180 munições calibre 12, seis munições calibre 38, uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 38, além de 25kg de ácido bórico (usado para dar volume à cocaína), R$ 2.140,00 em espécie.

As investigações apontam que Heder guardava munições de diversos calibres e material destinados a preparação de cocaína para traficantes do Complexo da Penha. Ele preso no Bairro Nova Bethania, Viana.

O acusado Tiago Almeida Helmer foi autuado por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio. Os policiais apreenderam dentro na casa dele oito munições calibres 36 e 38, uma espingarda calibre 36, um revólver calibre 38, oito pacotes com comprimidos de ácido bórico, 10 balanças de precisão, e 13kg de cocaína.

As investigações apontam que Tiago guardava a cocaína para traficantes do Complexo da Penha. Ele foi preso em um sítio localizado às margens da BR 262, também em Viana.

A polícia prendeu também Philipe Ramal Bento por receptação qualificada. Os policiais apreenderam dentro da loja de celulares que pertence ao investigado 66 aparelhos roubados. As investigações apontam que Felipe adquiria aparelhos roubados e desbloqueia para traficantes do Complexo da Penha. Philipe foi preso no bairro Castelo Branco, em Cariacica.

Durante a ação da polícia prendeu Rogério Pereira Narciso, Weligton de Souza e Dayane Loreiro, que foram autuados por tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, posse ilegal de munições e dinamites, além de corrupção de menores.
Os policiais apreenderam dentro da residência dos investigados 4kg de crack, 80 papelotes e 13 pedaços da mesma droga, 2kg de cocaína, quatro dinamites, três balanças de precisão, 38 munições calibre 380, 20 munições calibre 38, uma pistola calibre 380 e R$ 235,00.

As investigações apontam que os investigados guardavam armas, munições e drogas, para traficantes do Complexo da Penha. Todos foram detidos em Sotelandia, Cariacica. Um menor, de 17 anos, foi apreendido nas mesmas circunstâncias.

Fonte: Tribuna

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here