Atleta de Nova Venécia é primeiro lugar em categoria de fisiculturismo no Rio de Janeiro

Por mais que não pareça Isadora já foi gordinha.

A veneciana Isadora Amaral, de 18 anos, participou neste fim de semana de um evento de fisiculturismo no Rio de Janeiro, na categoria Bikini Fitness Juvenil Estreantes. O evento aconteceu no Tijuca Tênis Clube e foi organizado pela International Federation of Bodybuilding and Fitness – IFBB.

Além da cintura fina, as atletas devem possuir os braços e ombros levemente destacados. Os glúteos devem ser redondos e firmes, e o percentual de gordura deve ser baixo, mas sem aspectos de desidratação. O julgamento das atletas não ocorre somente pelo físico, mas também pela beleza facial, cabelos, e até mesmo a harmonia da maquiagem em relação ao conjunto corporal. Além disso, as atletas devem possuir carisma, desenvoltura, e “luz própria” em cima do palco, fator primordial para a composição da nota, e que pode somar ou também diminuir muitos pontos na avaliação inicial da condição física que é feita pelos árbitros nos rounds eliminatórios, onde a movimentação e gestual ainda não é permitida tampouco avaliada durante as comparações iniciais.

A jovem se destacou das demais competidoras por apresentar um shape diferenciado. Com a conquista, agora Isadora está habilitada a participar de outras competições profissionalmente, como o campeonato estadual, brasileiro e futuramente o famoso Arnold Classic.

Isadora treina desde os 14 anos com seu orientador e namorado Cleidson Morais (popular Xibiu), que sempre acreditou no potencial de sua parceira.

Isadora Amaral e Xibiu Morais

O treinador nos conta como foi a fase final de preparação para a competição: “Isadora sempre foi muito dedicada e hoje colhe os frutos de tantas batalhas. A atleta treina comigo há 4 anos, mas os últimos 7 meses foram realmente muito importantes para que obtivesse o resultado alcançado no evento. Ela teve de aplicar uma dieta bastante rigorosa no seu cotidiano, com muitos trabalhos aeróbicos e suplementação alimentar bem definidos. Quanto mais próximo a gente se aproximava da competição, mais apertada ficava sua dieta, tudo para que chegasse ao perfil que a categoria exige. Além de mim, Isadora também recebeu auxílio de uma grande referência no esporte, Diogo Montenegro”.

Sucesso Isadora, você vai longe!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here