Câmara de Linhares cumpre ordem judicial e suplente assume mandato no lugar de Rosinha Guerreira que foi presa acusada da prática de rachid

Pâmela Maia assume como a mais jovem vereadora de Linhares. Foto: Wilton Júnior/AT

A suplente Pâmela Gonçalves Maia (PSDC) toma posse nesta segunda-feira (12), na Câmara Municipal de Linhares, no Norte do Estado. Pâmela assume a vaga da vereadora Rosinha Guerreira, do mesmo partido, afastada das funções públicas pela Justiça, após ser acusada e admitir a prática de rachid com assessores do seu gabinete.

A determinação da posse imediata foi do juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública de Linhares, Thiago Albani Oliveira, e já na última sexta-feira (9) essa decisão havia sido publicada no Diário Oficial.

A assessoria de comunicação do vereador Ricardo Bonomo, o Ricardinho da Farmácia (SD), presidente do Legislativo linharense, encaminhou nota informando sobre a posse que ocorre antes do início da sessão ordinária, previsto para às 18 horas, já com a participação de Pâmela Maia, ocupando uma cadeira no plenário da Câmara.

“A Câmara Municipal de Linhares informa que, conforme determinação do juiz de Direito Thiago Albani Oliveira, nessa segunda-feira (12) convocou a senhora Pâmela Maia, para tomar posse como vereadora nessa casa de Leis”, diz a nota.

Câmara de Linhares: decisão da Justiça acatada a partir desta segunda. Foto: Wilton Júnior/AT

Câmara de Linhares: decisão da Justiça acatada a partir desta segunda. Foto: Wilton Júnior/AT

Quem é a nova vereadora?

A empresária Pâmela Gonçalves Maia é moradora do bairro São José, tem 24 anos de idade, obteve 829 votos na eleição passada. Ela é a mais jovem vereadora da história do Poder Legislativo local.

Atuando no setor de lojas de móveis, Pâmela Maia falou sobre sua trajetória até chegar à Câmara de Linhares. Ela afirmou que entrou na política através da influência do pai, Valtair Maia, que há anos atua nos bastidores das campanhas políticas municipais.

“A minha expectativa é de que a gente possa trabalhar em grupo e honrar os meus eleitores que confiaram os seus votos na eleição passada. Pretendo trabalhar com o povo”, justificou Pâmela Maia.

Ela acrescentou ainda que vai orientar a população a ter mais zelo pelo voto nas eleições que se aproximam. “Queremos mais honestidade dos candidatos, menos corrupção, entre tantas mudanças necessárias para o país e só o eleitor tem esse poder nas mãos”, avaliou a empresária.

Por Wilton Júnior, do Jornal A Tribuna

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here