Câmara de Linhares demite mais de 70 servidores para economizar

Os funcionários exonerados ocupavam cargos comissionados no legislativo linharense; medida vai economizar mais de R$ 100 mil por mês em folha de pagamento.

Para conter gastos a Câmara Municipal de Linhares adotou uma reforma administrativa e de cortes de despesas. Nesta semana foram demitidos 71 funcionários que ocupavam cargos comissionados em todos os setores do legislativo, inclusive os gabinetes parlamentares. Com os cortes a Câmara vai economizar mais de R$ 100 mil por mês em folha de pagamento.

“Precisamos ter os cortes necessários. Eu havia prometido, quando assumi, que haveria redução de gastos. Estamos trabalhando para fazer isso, inclusive afetando assessores”, disse Ricardo Bonomo Vasconcelos, presidente da Câmara de Linhares. Com a reforma, cada um dos 13 vereadores teve que demitir três assessores. A forma de reduzir gastos vem sendo discutida pelos vereadores desde o início do mês.

“Com essa mudança, vamos aguardar o começo do segundo quadrimestre para avaliar se serão necessários novos cortes”, pontuou Bonomo. Ele também não descarta junto aos vereadores a redução drástica na verba de combustíveis, aluguel de carros e instituição de diárias limitadas a um teto o que vai contribuir a controlar os gastos da Casa.

“Já estávamos nos adequando, fazendo as gestões de economia necessárias, e antecipamos os cortes. Tudo para fechar a gestão e pagar o salário do servidor da Câmara rigorosamente dentro da previsão”, afirmou Ricardo Bonomo. Segundo ainda o presidente, o dinheiro economizado com a reforma administrativa e de contenção de gastos será devolvido aos cofres públicos com a sugestão de ser aplicado em projetos de saúde e educação em benefício da população de Linhares.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here