Casas do Pontal do Ipiranga, são invadidas e tem objetos furtados no mesmo dia

Três casas de praia em Pontal do Ipiranga, Linhares, foram invadidas e tiveram objetos furtados nas últimas semanas. Segundo moradores, até uma geladeira foi levada de uma das casas pelos suspeitos. De janeiro a setembro, foram registrados 24 furtos e 4 roubos na região.

Os moradores também informaram que vários eletrodomésticos foram levados, como ventiladores, máquina de lavar, geladeira, bicicletas, ar condicionado, churrasqueira a gás de cinco espetos, colchões de solteiro e até botijões de gás.

Um dos moradores contou que suspeitos entraram na casa dele, atravessaram a rua e outras duas casas foram invadidas também. Do lado de fora das residências não é possível ver sinais de arrombamento.

A dona de casa Célia Mora vive há dez anos no local e diz que a situação já é corriqueira, e que os assaltos sempre aumentam nesta época do ano. “Vai vindo muita gente de fora e os ladrões esperam que apareça pessoas com dinheiro e com bens. Aí sempre aproveitam a situação”, relata.

Reforço

Para diminuir os assaltos nas praias de Linhares, a Polícia Militar afirma que o policiamento será intensificado, segundo o tenente-coronel Werison Rispiri.

“São policiais que vem de outras unidades. Vem para Pontal do Ipiranga, vão para Povoação e também para Regência. É um reforço. Temos nosso pessoal que trabalha e temos o plus do policiamento que vem para melhorar nosso efetivo no local”, explica.

A maioria das casa em Pontal do Ipiranga é de veraneio e, devido a isso, muitas ficam quase sempre vazias. Até mesmo o comércio acaba ficando meio parado, sem grande movimento. Os cuidados podem fazer a diferença, segundo o Rispiri.

“Não deixar a casa abandonada, pois não é legal que faça isso até pela valorização do imóvel. Tem pessoas que cuidam das residências e prestam esse serviço e tem amigos e vizinhos que podem abrir também. Às vezes tem árvores e não é possível ver o que acontece nas residências e não podemos entrar. É necessário que as pessoas observem isso”, lembrou o tenente-coronel.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here