Casos de toxoplasmose em região noroeste do Estado

A secretária de Saúde do município de Marilândia, Alcione Boldrini, informou que ao todo, 24 casos da doença foram notificados até o momento no Centro Educacional Infantil Bem Me Quer. Desses, 20 foram confirmados, sendo 18 crianças e duas funcionárias infectadas. A creche possui 170 alunos de 2 a 4 anos de idade.

“Não sabemos ainda o que causou o surto, mas todas as pessoas confirmadas estão bem”, disse.

Alcione Boldrini informou que nesta segunda-feira (25) foram coletadas amostras de alimentos para novas avaliações.

“A Vigilância Sanitária do município já esteve na creche e nada de irregular foi encontrado em relação à alimentação e o local. Hoje, inclusive, coletamos amostras de alimentos para fazer novas avaliações. A areia do parquinho foi tratada em maio e depois trocada. Pneus e lona serão colocados para evitar que animais possam pular e defecar no local. Estamos tomando os cuidados com as crianças e vamos continuar monitorando a situação pedindo para que as pessoas que sentirem os sintomas, façam o exame de toxoplasmose na Unidade de Saúde e depois encaminharemos para o infectologista”, informou.

Nesta terça-feira (26), haverá uma palestra aberta a população sobre a toxoplasmose a partir de 18h30 na escola localizana na Rua Luiza Spadetto Caliman, 101, Centro.

A DOENÇA

A toxoplasmose é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida, causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, facilmente encontrado na natureza, sobretudo nas regiões de clima temperado e tropical. Trata-se de um parasita intracelular que pode infectar pássaros, roedores, animais silvestres e um número grande de mamíferos (bovinos, suínos, caprinos, ovinos), inclusive os seres humanos de todas as idades.

A doença não é contagiosa e geralmente é adquirida pela ingestão de carnes cruas ou mal passadas de hospedeiros intermediários que contêm cistos do parasita, ou pelo consumo de água, frutas e verduras cruas contaminados.

A toxoplasmose pode ser uma doença assintomática. Se o sistema imunológico estiver fortalecido, o parasita pode permanecer inativo em tecidos do corpo do portador por toda a vida, sem que ele sequer saiba que foi infectado. No entanto, se o sistema de defesa estiver debilitado, a infecção pelo Toxoplasma gondii pode espalhar-se pelo cérebro, coração, fígado, músculos, pulmões, olhos, ouvidos, etc. Nesses casos, merecem destaque os seguintes sintomas: dor de cabeça e garganta; manchas pelo corpo; confusão mental; convulsões; encefalite; aumento do fígado e do baço; lesões na retina (coriorretinite) e dificuldade para enxergar que pode evoluir para cegueira.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here