Chefe da Lava Jato na PGR se desentende com Aras e deixa cargo

O coordenador do grupo de trabalho da Operação Lava Jato na Procuradoria-Geral da República (PGR), o subprocurador José Adonis Callou de Araújo Sá, pediu, nesta quinta-feira (23/01/2020), para deixar o cargo. Indicado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, ele ocupava o posto desde outubro do ano passado. As informações são do G1.

Agora, Aras terá de encontrar um substituto para coordenar o grupo da operação. Segundo a reportagem, Adonis estava tendo divergências com o procurador-geral.

O grupo de trabalho é vinculado à Secretaria da Função Penal Originária (SFPO) junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), e o time escalado por Aras o auxilia na análise das investigações da Lava Jato, bem como nas medidas e nos processos judiciais delas decorrentes.

Entre as atribuições dos integrantes do grupo de trabalho, estão realizar oitivas e participar de outros atos de produção de provas, de audiências judiciais, requisitar informações e documentos de interesse das investigações, além de participar de atos instrutórios objetivando a celebração de acordos de colaboração premiada.

Fonte: Metrópoles

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here