Chuvas reduzem salinização e Saae já aciona bombas de captação 4 horas por dia

Prefeitura e SAAE realizam troca da bomba de captação de água do Santa  Marina - Portal Cordero VirtualO Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) já religou as bombas de captação de água do Rio Cricaré no Bairro Porto, das 5h30 às 9h30 no Feriado de Nossa Senhora Aparecida e também nessa quarta-feira (13).

A captação não ocorre durante todo o dia, mas o diretor da autarquia, Antônio Carlos Luiz de Souza, o Tonyko, adianta que as chuvas que caíram no Município nesta semana já surtiram efeito na redução da salinização do manancial na altura do Bairro Porto.

Ele explica que as bombas haviam sido desligadas no dia 30 de setembro, em decorrência do avanço da cunha salina no Rio Cricaré. No local de captação, cujo a água é encaminhada para a estação de tratamento no Bairro Boa Vista, o Saae chegou a registrar mais de 3.000 ppm de salinização.

Tonyko detalha que dentro do horário de 5h30 a 9h, o teor de salinização no local de captação não ultrapassou, na terça e na quarta-feira, o limite estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 250 ppm. Na terça-feira teve mínima de 200 ppm e, na segunda, de 99 ppm.

O diretor salienta ainda que o recuo da cunha salina e a ligação das bombas no local de captação acontece no período de maré vazante, ou maré baixa. Por exemplo, detalha que às 14h dessa quarta-feira, na maré alta, o índice de salinização estava em 1.750 ppm.

“Quando [a maré] começa a subir, a gente desliga tudo”, frisa.
Ele ressalta que o recuo da cunha salina é efeito apenas das águas das chuvas que caíram em São Mateus.

Conforme aponta, a água das chuvas que caíram nos municípios do noroeste do Estado e do leste de Minas Gerais, onde estão as cabeceiras do Rio Cricaré, deveria começar a chegar no Municípios na noite dessa quarta ou durante o dia, nesta quinta-feira.

Tonyko tem a expectativa de que, até sexta-feira, o sistema de captação de água no Rio Cricaré volte a funcionar plenamente, sem interrupções por conta de salinização.

Institutos registram mais de 100mm de chuvas em São Mateus em 5 dias

O Município de São Mateus teve um volume acumulado de mais de 100 mm de chuva de sábado até as 16h desta quarta-feira (13), ou seja, dentro de cinco dias.
Localizada no Bairro Litorâneo, a estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 107,2 mm de chuva no período.

Já o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registra na estação localizada em Guriri altura acumulada de 115mm de chuva.

Em outros municípios que compõem a Bacia do Rio Cricaré também foram registradas chuvas expressivas de sábado até as 16h dessa quarta-feira. Por exemplo, em Nova Venécia, foram 104,84mm, e em Barra de São Francisco, mais 59,91mm, nos municípios da porção capixaba.

As chuvas que caíram em Barra de São Francisco alteraram os níveis dos rios, Itaúnas e São Francisco, que cortam a cidade. Esses dois mananciais são afluentes do Rio Cricaré.
Mantena (77,8 mm), Mendes Pimentel (66,2mm) e São Félix de Minas (59mm), em Minas Gerais, também apresentaram volumes expressivos de chuvas. Os dados são do Cemaden.

Fonte: TC Online

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here