Comerciante leva 20 tiros durante assalto em Vila Velha

Crime aconteceu em uma distribuidora de bebidas em Cobilândia. A vítima, de 29 anos, está em estado gravíssimo

Comerciante foi baleado dentro de seu estabelecimento, em Cobilândia
Comerciante foi baleado dentro de seu estabelecimento, em Cobilândia Foto: Rafael Silva

O dono de uma distribuidora de bebidas, de 29 anos, está internado em estado gravíssimo após ser atingido por 20 tiros durante uma tentativa de assalto em seu estabelecimento. O crime aconteceu na tarde deste sábado (30), por volta das 15h50, na Rua Castelândia, em Cobilândia, Vila Velha

Segundo testemunhas, dois homens armados entraram na distribuidora. Eles portavam armas de calibre 45 mm e 40 mm, de uso restrito das Forças Armadas. Um deles pegou duas latas de energético e se dirigiu ao caixa. Quando chegou no balcão, o criminoso anunciou o assalto e mandou que todos que estavam na distribuidora fossem para a parte dos fundos.

O dono da loja reagiu e os criminosos revidaram. Segundo investigadores da Policia Civil, o comerciante, que é cunhado do presidente do Sindicato dos Rodoviários, Edson Bastos,  sofreu 20 perfurações pelo corpo. Outros dois comparsas esperavam em um carro do lado de fora. Além da vitima, dois funcionários e um cliente estavam no local na hora do crime.

“A gente foi para os fundos, foi muito rápido. Quando ouvi o primeiro tiro, me abaixei e tentei me proteger. Nunca ouvi tanto tiro na vida, foi algo assustador, minha cabeça ainda está zunindo por conta do barulho”, disse um funcionário que não quis se identificar.

Os tiros atingiram a boca, ouvido, a parte de trás da cabeça, abdômen e pernas da vítima. Após os disparos, os criminosos fugiram sem levar nada. Os próprios funcionários socorreram o dono da loja e o levaram para o Hospital Antônio Bezerra de Farias, em Vila Velha. Ele estava consciente quando chegou à emergência.

Depois dos primeiros socorros, ele foi transferido para o Hospital São Lucas e passa por cirurgia. O empresário já havia sido assaltado na loja há pouco mais de um mês. O crime está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here