Conceição da Barra abre distribuição de cestas básicas em medida social pela pandemia

A Prefeitura de Conceição da Barra abriu a distribuição de cestas básicas para famílias na linha de pobreza, em medida social em decorrência da pandemia de coronavírus. Os beneficiados são cadastrados nas unidades de Centro de Referência e Assistência Social (Cras).

O prefeito Walyson José Santos Vasconcelos, o Mateusinho Vasconcelos, detalha que são 1.470 cestas enviadas para as unidades de Cras, sendo que 500 foram destinadas para o Distrito de Braço do Rio (sendo 400 para a sede da Vila, 50 para Sayonara e 50 para comunidades quilombolas). O restante é para a Cidade.

“Isso é só o começo, demos entrada em mais para fazer mês a mês até as coisas melhorarem”, ressalta. O prefeito frisa que as famílias já cadastradas em Cras já estão recebendo as cestas. “Quem não está cadastrado, nós estamos colocando as equipes nos bairros pobres, pedindo para fazerem o cadastro no Cras e ser beneficiado”, ressalta.

Mateusinho disse que teve uma demora para a distribuição das cestas, porque a Prefeitura procurou fazer dentro da legalidade, com processo licitatório. Entre os produtos da cesta, há arroz, feijão, macarrão, fubá, biscoito, café, óleo e açúcar.

 Prefeito agradece mobilização solidária

O prefeito Mateusinho agradeceu a mobilização solidária em Conceição da Barra, que permite mais famílias recebendo doações neste momento de dificuldade. Ele cita que a empresa Suzano doou 250 cestas para carentes e as igrejas católica e evangélicas também estão ajudando família, assim como outros segmentos da sociedade. O chefe do Executivo cita que ele próprio e o secretariado também tem revertido doações.

“Está sendo importante neste momento, todos unidos, dando as mãos para ajudar as pessoas. A solidariedade é importante para o nosso município e para o País”, reforça.

Fonte: TC Online
Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here