Criança de 6 anos é atropelada e mãe acusa vizinhos em Cariacica

Uma menina de 6 anos foi atropelada pelo vizinho que estava num Prisma branco na noite de terça-feira (14) em Campina Grande, bairro de Cariacica. A mãe da criança contou que o acusado já tem problemas judiciais com a vizinhança e alegou que, após a batida, a mulher do acusado ainda fez provocações dizendo para levar “mais esse caso à Justiça”.

O acidente aconteceu às 18 horas, no cruzamento da rua Império da Vida com a rua Um Amor. A dona de casa Glecione Ramos Santos, de 30 anos, contou que a filha tinha ido atrás dela na rua. “”Eu tinha ido jogar o lixo na rua e minha filha foi atrás de mim. O carro saiu da garagem para pegar a rua Um Amor e atingiu minha filha””.

Após a batida, a vizinha, dona de uma pizzaria, estava no carona e teria dito para o marido prosseguir e deixar o local. “Ela falou: ‘Deixa que depois resolvemos mais essa com o advogado’. O marido dela fugiu do local”.

A menina foi atingida no quadril e nas mãos. Depois da batida, ela levou a menina para casa, assustada. “Coloquei nos meus braços e comecei a ligar da rua mesma para ambulância e polícia. Ele chegou a ficar um tempo no carro e depois fugiu”, contou”.

A menina foi socorrida para o Hospital Infantil em Vila Velha e depois transferida para Hospital Infantil de Vitória. Ela foi medicada e recebeu alta às 2 horas desta quarta-feira.

De acordo com boletim de ocorrência, o casal de acusados respondem a um processo na justiça que seria sobre os maus tratos deles para com as crianças da vizinhança. Os PMs que atenderam a ocorrência não localizaram os acusados.

à dona de casa disse que registraria um boletim de ocorrência na 4ª Delegacia Regional de Cariacica. A reportagem foi até a casa dos acusados, mas eles não quiseram dar entrevista.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here