Criança de 6 anos foi estuprada, morta e enterrada de cabeça para baixo

Um crime de muita crueldade aconteceu em Umuarama, no oeste do Paraná. O suspeito Eduardo Leonildo da Silva, 30 anos, confessou o crime e foi preso na noite desta quarta-feira (27), segundo a Polícia Civil do município. Ele é um conhecido da família da criança.

Tábata Fabiana Crespilho da Rosa, de 6 anos, foi sequestrada, estuprada e morta com requintes de crueldade.

Ela estava desaparecida desde a última terça-feira (26), quando foi deixada pelo irmão de 13 anos próximo à escola onde estudava, como acontecia todos os dias. Imagens de câmeras de segurança revelaram que a menina foi abordada por Eduardo, que dirigia um veículo Gol, entrou no carro e foi levada por ele.

O suspeito já tem passagem pela polícia por assassinato de uma adolescente de 15 anos e ainda estava em liberdade.

As suspeitas são de que o abusador tenha usado algo para atrai-lá sem chamar a atenção, provavelmente algum tipo de doce ou brinquedo para ganhar sua confiança.

O suspeito levou a criança para o meio do mato. Em seguida, amarrou sua boca, seus braços e pés e cometeu o ato. Com bastante riquinte de crueldade sem dó nenhuma da pequena vítima.
E por fim a matou e a enterrou de cabeça para baixo com os pés para fora.

Dezenas de moradores da cidade protestaram após a prisão do homem. Eles tentaram invadir a delegacia, quebraram uma porta de vidro e depredaram carros no local durante a noite. Por segurança, o preso foi transferido para outra unidade.

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here