Em Rio Bananal a polícia civil prendeu o mandante e pistoleiro que matou Gilberto Zardo e esposa

O irmão da vitima está entre os presos. A ação foi feita por policiais civis de Linhares, Aracruz e Colatina em cumprimento a mandados de busca, apreensão e prisões.

O Chefe da 16ª. Delegacia Regional de Linhares, Valter Emilino Barcelos, divulgou na manhã de hoje que a Polícia Civil praticamente desvendou o duplo homicídio registrado na tarde do dia 31 de julho deste ano, no interior de Rio Bananal, e que vitimou o produtor rural Gilberto Zardo e a sua esposa Maria Luzia Turetta Zardo. De acordo com o delegado, o mandante seria o irmão do produtor que foi detido em seu apartamento no bairro Novo Horizonte e o executor na cidade de Sooretama. A polícia investiga a participação de outro envolvido no crime, que também está preso.

De acordo com o delegado, um dos executores foi reconhecido por testemunhas e o irmão  e cunhado das vítimas é apontado como o mandante. Foram apreendidos durante a operação que contou com a participação de policiais civis de Linhares, Aracruz e Colatina, um revólver calibre 38 da marca Taurus Special com 10 munições, R$ 11 mil em espécie, cheques e três celulares. Walter destacou que todos os envolvidos foram levados para a sede da Delegacia, no bairro Três Barras, e serão ouvidos. A foto foi cedida pela Polícia Civil.

O crime

De acordo com as primeiras informações, dois bandidos, que estariam de moto, teriam invadido uma propriedade rural do município e mataram uma mulher identificada como Maria Luzia Turetta Zardo, de 53 anos, e deixou ferido o seu esposo identificado como Gilberto Zardo, que morreu dias depois num hospital de Colatina. Um meeiro da propriedade, Regino Sotelli, de 57 anos, foi atingido por um disparo no pescoço. Foi um dos filho do casal que socorreu as vítimas.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here