Empresário preso é acusado de ser o maior fornecedor de maconha da Grande Vitória

Marcos foi preso dentro do Fórum da Serra, e é investigado por distribuir até cinco toneladas de maconha por ano na Grande Vitória

O empresário Marcos da Silva Beijo foi preso dentro do Fórum da Serra nesta sexta-feira (6) durante operação da Equipe de Investigação da Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (Deten). Ele é apontado pela polícia como o maior fornecedor de maconha da Grande Vitória.

De acordo com a polícia, a prisão foi um desdobramento de uma operação realizada no início do mês, na qual foi preso Ricardo Messias da Silva, de 29 anos. Na ocasião, o jovem portava 129 quilos de maconha, em Feu Rosa, na Serra.

> PM de folga troca tiros com bandidos e impede arrastão

Informações da polícia dão conta de que essa associação criminosa é investigada por distribuir até cinco toneladas de maconha por ano na Grande Vitória.

“SEM PROVAS”, DIZ DEFESA

O advogado de Marcos, Leonardo da Rocha de Souza, em resposta à acusação, diz que a divulgação feita pela polícia é de “informações sem provas”. A defesa destaca que nada de ilícito foi encontrado com o empresário e que não há nenhuma prova objetiva e clara do que foi apresentado contra Marcos.

Por meio de nota, o advogado afirma que a regra é a presunção da inocência e que, em função disso, espera que sejam respeitados os direitos. “(A defesa) provará a inocência dele durante o andamento do processo”, garante.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here