Governador diz que pode cassar registro de empresas que insistirem em abrir

Em transmissão ao vivo neste sábado (28), o governador Renato Casagrande (PSB) reclamou dos prefeitos que autorizaram a reabertura do comércio e dos comerciantes que insistem em abrir as portas.

Para Casagrande, o prefeitos desrespeitam uma medida estadual e não podem tomar essa decisão. O governador ainda disse que irá pedir à polícia para que oriente sobre a não abertura.

O governador ainda defendeu que os comércios que resolveram abrir poderão sofrer sanções. “Não é que a polícia vai agredir nenhum comerciante, não é esse o nosso objetivo. Mas podemos adotar medidas de multas, de cassação de registro da empresa”, defendeu Casagrande.

Por fim, o governador defendeu o fechamento do comércio deixando bem claro a intenção do Governo do Estado. “Não estamos aqui brincando de fechar o comércio, não estamos fechando porque a gente quer. Estamos lidando com vidas de pessoas. Não é possível que as pessoas não entendam isso, nós estamos aqui tomando decisão para proteger a vida dos capixabas”, concluiu.

Bolsonaro

Na transmissão, Casagrande voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Para o capixaba, o mandatário atrapalhou o trabalho que vem sendo feito para evitar o contágio do Covid-19. “Nossa preocupação é a palavra que desoriente, que coloque dúvida na cabeça das pessoas”, defendeu.

A situação na Europa e nos Estados Unidos também foi lembrada quando Casagrande defendeu o decreto. Para ele, as pessoas não podem achar que o aconteceu na Itália não irá ocorrer aqui no Brasil. “Não podemos achar que não vai acontecer algo de ruim com a gente, temos que ter a prevenção”, pontuou.

Informações: Folha Vitória

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here