Grous costumam permanecer a vida toda com a sua paixão de infância

Assim como muitas espécies de aves, os grous costumam manter relações monogâmicas pela vida toda. Entretanto, apesar de esse ser um fato já conhecido pelos cientistas, não se sabia exatamente como esses casamentos duradouros começavam – os grous podem viver até 50 anos!

Acredita-se, erroneamente, que as parcerias aconteciam pouco antes da reprodução, mas agora essa conclusão foi derrubada: na verdade, o cortejo do macho para a fêmea pode durar mais de um ano! E eles costumam paquerar aquelas por quem eles se interessaram nos primeiros meses de vida.
PUBLICIDADE

A maioria dos gracejos (62% dos casais analisados) dura entre 11 e 12 meses, mas esse tempo pode durar até 4 anos, dependendo da disposição da fêmea em ceder às tentativas do macho. E esse interesse costuma acontecer antes mesmo da maturidade sexual da espécie, que costuma ocorrer por volta dos três anos de idade.

Quem comandou a pesquisa foi a doutoranda Claire Teitelbaum, da Universidade da Geórgia, através da análise de 59 grous que foram reintroduzidos na natureza em 2001 com identificações e transmissores. Ao todos, eles formaram 58 parcerias diferentes.

Claire levantou a possibilidade de os arranjos matrimoniais entre os grous acontecer ainda na adolescência dos indivíduos da espécie por conta de uma vantagem social: estudos anteriores mostraram uma dominância entre os casais mais antigos de cada grupo. Outro detalhe é que, quando acontece um “divórcio”, é a fêmea que tem mais chance de encontrar um novo parceiro.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here