Guerrero é suspenso por doping e fica fora da Copa de 2018

Com a suspensão, o jogador está fora do Mundial da Rússia

Guerrero é suspenso por doping e fica fora da Copa de 2018

atacante peruano Paolo Gue

Com a suspensão, o jogador está fora do Mundial da Rússia. O Peru conseguiu a classificação após eliminar a Nova Zelândia na repescagem e voltará a disputar a competição após 36 anos.

O teste antidoping em Guerrero constatou a presença de benzoilecgonina, metabólito presente na cocaína. A contraprova também deu resultado positivo, o que fez com que o centroavante fosse acusado de descumprir o regulamento da entidade que comanda o futebol mundial.

A principal estratégia da defesa era uma contaminação cruzada com folhas de coca através de chá antigripal ingerido pelo camisa 9 antes do jogo contra a Argentina, mas o argumento não convenceu. Com a condenação, Guerrero poderia pegar até quatro anos de suspensão.

A defesa do atacante já avisou que vai recorrer ao Tribunal de Apelações da Fifa e, se a pena for mantida, à Corte Arbitral do Esporte (CAS).

“Guerrero e sua defesa receberam com extrema surpresa e decepção o resultado publicado pela Fifa punindo o atleta com um ano de suspensão. As provas são contundentes e somadas à baixíssima concentração do metabólito comum à folha de coca não justificam em nenhuma hipótese essa decisão.

Vamos recorrer até a última instância em busca de justiça e em prol do jogo limpo e do esporte justo”, disse a nota emitida pelo estafe do atacante.

A Federação Peruana de Futebol também publicou um comunicado oficial e lamentou a decisão da Fifa.

“Lamentamos e nos solidarizamos com a difícil situação que vem atravessando Paolo Guerrero. Reiteramos nosso respeito à qualidade pessoal e profissional de Paolo e valorizamos sua imensa contribuição à nossa seleção, como capitão e líder do grupo”, diz a nota da entidade.

Se mantida a punição, Guerrero só estará liberado para retornar aos gramados no dia 3 de novembro. O contrato do atacante com o Flamengo se encerra dois meses antes. Antes da suspensão, o clube já negociava a renovação do vínculo com o jogador.

Contratado em maio de 2015 após deixar o Corinthians, o jogador marcou 42 gols em 105 jogos pelo time rubro-negro. Ele não atua pelo clube desde meados de outubro.

Temendo uma suspensão do atacante, o treinador flamenguista, Reinaldo Rueda, já cobrava a diretoria por reforços para o setor ofensivo.

Nas eliminatórias, Guerrero marcou seis gols. Com informações da Folhapress.

rrero, 33, do Flamengo foi suspenso nesta sexta-feira (8) por um ano pela Fifa após ser flagrado em exame antidoping realizado no dia 5 de outubro, quando o Peru enfrentou a Argentina, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here