Itamaraty confirma morte de brasileiros que lutavam na Ucrânia

O Ministério das Relações Exteriores confirmou nesta 4ªfeira (6.jul) a morte de Douglas Rodrigues Búrigo e de Thalita do Valle na guerra da Ucrânia. Ambos atuavam como voluntários na Legião Estrangeira Ucraniana e foram atingidos durante um bombardeio a um abrigo, em Kharkiv, no leste do país.

Em nota, a pasta informou ao SBT News que “recebeu, por meio da Embaixada do Brasil em Kiev, confirmação do falecimento de dois nacionais brasileiros em território ucraniano, no dia 1º de julho”, e afirmou que “mantém contato com familiares para prestar-lhes toda a assistência cabível”

Segundo Carlos dos Reis, cunhado de Douglas Búrigo, 40 anos, o gaúcho foi morto depois que o abrigo onde estava foi bombardeado. “Ele já saiu depois que o local incendiou, mas nos contaram que ele voltou para salvar uma brasileira, Thalita do Valle, que não tinha conseguido sair. Nesse momento, mais mísseis teriam atingido o abrigo”, conta o familiar.

Ao todo, já são três brasileiros mortos em meio à guerra na Ucrânia. André Hack Bahi morreu ao ser atingido em um confronto em Sieverodonetsk.

Douglas fazia contato diariamente com a família, mas desde a última 3ª feira (28.jun) não dava notícias. A confirmação da morte veio no último sábado (2.jul), após o contato de outro brasileiro que estava no local atingido.

O Itamaraty ressaltou que, assim como tem feito desde o começo do conflito, “continua a desaconselhar enfaticamente deslocamentos de brasileiros à Ucrânia, enquanto não houver condições de segurança suficientes no país”.

Fonte: SBT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here