Joia da Seleção, atacante de São Mateus assina com o Atlético com multa de R$ 367 milhões

Considerado a principal promessa do Atlético, com destaque nas divisões de base da Seleção Brasileira, o atacante Sávio Moreira de Oliveira, o Savinho, assinou neste mês o primeiro contrato profissional da carreira. A multa rescisória do jogador, criado em São Mateus, foi estipulada pelo Galo em 60 milhões de euros para clubes do exterior, o que corresponde, na cotação desta sexta-feira (26), a R$ 367,8 milhões.

Savinho é destaque das divisões de base da Seleção Brasileira. Foto: Divulgação

Aos 16 anos, Savinho é o jogador mais novo integrado à equipe de transição aos profissionais do Atlético, onde impressiona na habilidade, ímpeto pelo gol e técnica nas cobranças de falta. O dom para o futebol foi herdado do pai Alessandro Matos de Oliveira, conhecido em São Mateus como Carioca, que chegou a atuar nas divisões de base do Vasco, no Rio de Janeiro.

Carioca relatou que Savinho nasceu no Rio de Janeiro e residiu dos 3 aos 9 anos em São Mateus. O pai atuou no futebol amador mateense em equipes como Sete de Setembro e Eletrochoque, sendo acostumado a levar o filho para os campos. “Um dia um rapaz lá em Vitória viu meu filho jogar e levou ele para a escolinha Sintetic Bool, de onde ele seguiu para o Atlético”, lembrou.

Carioca relatou que Savinho deixou o Município aos nove anos para buscar o sucesso no futebol. O jogador reside com a mãe, Nilma, em Belo Horizonte.

Nas divisões de base do Atlético, Savinho conquistou a titularidade absoluta, chegando à primeira convocação para a Seleção Brasileira quando tinha 14 anos. Com a camisa canarinho, também titular absoluto, o atacante foi campeão sul-americano sub-15. Pelo Galo, foi vice-campeão de um torneio na Itália e destaque individual da competição internacional, levando a bola de ouro.

Savinho é destaque das divisões de base da Seleção Brasileira. Foto: Divulgação

EUROPEUS DE OLHO EM SAVINHO

Aos 16 anos, Savinho já está sendo monitorado por clubes europeus. O pai Alessandro Matos, o Carioca, disse que esse foi um dos fatores que levaram o Atlético a fazer o contrato profissional de Savinho com uma multa rescisória tão alta. O contrato tem validade de três anos.

O jogador do Atlético está sendo observado por clubes europeus, o que fez o Atlético se resguardar com contrato profissional com multa alta. Foto: Divulgação

Carioca destaca que Savinho é habilidoso, canhoto e com fome de gols. Apesar da recente ascensão à elite do futebol brasileiro, com o contrato profissional assinando com um dos grandes clubes do País, o pai destaca que o atacante, criado em São Mateus, mantém a humildade. Ele ressaltou que os dois gostam muito do Município, onde costumam passar as férias. Destacou que Savinho curte mesmo é ficar pertos dos familiares mateenses.

E como fica o coração do pai assistindo ao filho despontar no futebol? “A minha satisfação é ver ele bem, longe das ruas, das drogas, seguindo o que gosta de fazer, que é jogar bola. Não tenho olho grande nenhum, quero que ele ajude muitas pessoas e continue sendo esse moleque que ele é, de humildade e respeito”.

Fonte: TC Online

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here