Juiz condena prefeitura de Linhares a aumentar salários de professores

Justiça determina que o prefeito de Linhares Guerino Zanon conceda aumento no salário dos educadores. Se não cumprir,  a prefeitura de Linhares terá que pagar  R$ 10 mil de multas por dia.

 

O prefeito de Linhares, Guerino Zanon (PMDB), será obrigado a cumprir acordo que fez com os servidores municipais, e vinha descumprindo. É o que determina em sentença o juiz Thiago Albani Oliveira. A sentença é desta sexta-feira (23).

Ao receberem a decisão do juiz, os professores decidiram em assembleia encerrada no início da noite desta sexta, encerrar a operação tartaruga que vinham realizando desde o dia 19 deste mês. Voltarão às aulas na próxima segunda-feira (26) e já avisaram que se a decisão da Justiça não for cumprida em 30 dias, entrarão em greve.

 Na decisão, o juiz determina que a prefeitura de Linhares terá que cumprir a obrigação que assumiu judicialmente com os seus servidores. Terá que aplicar a correção dos valores em todos os níveis e classes da tabela do magistério, em consequência do aumento do piso nacional.

 O próprio juiz esclarece na decisão que o novo piso e seus reflexos devem incidir a partir de janeiro de 2018, com as diferenciações mínimas de 10,25% entre os níveis verticais e mais 5% nos horizontais.

 O juiz deu prazo de 30 dias, retroativo a janeiro, para o cumprimento de sua decisão. Se não a cumprir,  a prefeitura de Linhares terá que pagar  R$ 10 mil de multas diariamente.

 A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Linhares (SISPML), Simone Aguiar, comemorou a sentença.

A operação tartaruga dos professores de Linhares  teve a adesão de 90% da categoria. A categoria tem cerca de dois mil professores e 600 pedagogos.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here