Justiça determina afastamento de vereadora Rosinha Guerreira

 A juíza Patrícia Plaisant Duarte da 3ª Vara Criminal de Linhares, mandou afastar a vereadora Rosa Ivania Euzébio dos Santos, a Rosinha Guerreira (PSDC), presa na última segunda-feira dia 26, suspeita da prática de “Rachid”. De acordo com o Ministério Público que solicitou o afastamento da parlamentar, o pedido foi deferido pela juíza. O MPES afirma ainda que a vereadora teve os bens bloqueados em possível ressarcimento ao erário público.O processo que corre em segredo de justiça, aponta que a prática de “rachid”, quando um político que detém mandato, exige para si parte do pagamento dos servidores como condição para a obtenção ou manutenção do trabalho. Depois de ouvida na 1º Promotoria de Justiça Criminal de Linhares, ainda na segunda dia 26, Rosinha Guerreira foi encaminhada para o Centro Prisional Feminino na cidade de Colatina.

Defesa

O advogado Cleyton Passos, que cuida da defesa da vereadora, disse entraria com pedido de liberdade provisória assim que o Ministério Público apreciasse a solicitação, suposto que a denúncia feita contra a parlamentar foi de forma anônima. Segundo o advogado da Mendes Advocacia, “a vereadora Rosa tem uma vida particular discreta e inclusive tem um veículo Gol de 10 anos, sempre mantendo uma simplicidade em seus atos”, complementou.Câmara

De acordo com informações da presidência da Câmara Municipal de Linhares, o vereador Ricardo Bonomo disse que ainda o Poder Legislativo não havia sido informado da decisão da juíza. Segundo ele, até então, a parlamentar e seus assessores continuam no cargo, mas que tão logo seja certificado da decisão judicial, ele irá cumprir a determinação. Foto Rede Sim e divulgação.

Fonte: Rede Diário ES

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here