Ladrão tomou um tiro na cabeça quando tentou roubar um bar que estava dois PM de folga

Um sargento e o um soldado meteram o aço nos ratos,um fugiu o outro morreu na hora.

Um assaltante foi assassinado ao tentar roubar clientes de um bar em Jardim América, em Cariacica, na tarde deste domingo (5) ontem. O bandido chegou a atirar na direção das vítimas. Ele só não imaginava que os clientes eram policiais, que revidaram ao disparo e mataram o criminoso.

De acordo com a polícia, era por volta das 17 horas quando um soldado e um sargento, que estavam de folga, bebiam em um bar na Rua Honduras. Em determinado momento, dois homens surgiram na porta do estabelecimento.

Um dos homens, identificado como Hudson Davi Gomes, de 29 anos, entrou no bar com um revólver calibre 38 nas mãos. O outro, ainda não identificado, ficou do lado de fora dando cobertura ao comparsa.

“Segundo relato dos policiais, eles estavam bebendo no balcão quando o assaltante chegou gritando ‘Perdeu, passa a chave da moto que está lá fora’. O sargento passou para o lado de dentro do balcão e se abaixou na tentativa de se abrigar. Foi quando o criminoso atirou na direção dele”, contou o tenente Willian, que atendeu a ocorrência.

O tenente completou que, ao verem o bandido atirando, os dois policiais reagiram ao mesmo tempo, cada um fazendo dois disparos na direção do assaltante. Para conseguir reagir, o sargento levantou o braço e atirou, ainda abrigado por trás do balcão.

Ao perceber que as vítimas estavam armadas e reagindo, o bandido ainda tentou fugir, mas caiu na porta do estabelecimento, com um tiro na cabeça. A polícia informou que ainda não se sabe se foi o sargento ou o soldado quem acertou Hudson.

Além do tiro na cabeça, o revólver calibre 38 do assaltante também foi atingido. Com o i Bruna Felipess mpacto do tiro, o cabo de madeira da arma chegou a quebrar. O revólver ficou caído ao lado do corpo de Hudson. De acordo coma perícia criminal, Hudson teria feito pelo menos um disparo, porque uma bala estava deflagrada, três estavam picotadas e uma restou intacta.

Hudson Davi Gomes, 29, morto a tiros quando tentava assaltar clientes em um bar de Jardim América, Cariacica, dentro do estabelecimento estavam dois policiais militares à paisana, que reagiram e o mataram

Hudson Davi Gomes, 29, morto a tiros quando tentava assaltar clientes em um bar de Jardim América, Cariacica, dentro do estabelecimento estavam dois policiais militares à paisana, que reagiram e o mataram

Foto: Fernando Madeira

O comparsa do assaltante fugiu a pé. No caminho, ele roubou a bicicleta de um morador e não foi mais visto. Populares afirmam que o cúmplice também teria sido baleado, mas a informação não foi confirmada pela polícia.

Familiares de Hudson foram ao local do crime. Muito abaladas, a mãe e a mulher dele chegaram a desmaiar. “Não sabia que ele estava aqui. Não sabemos de nada”, disse um familiar de Hudson.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here