Mensagens de celular comprometem médicos presos na ‘Lama Cirúrgica

Polícia Civil divulgou conversas entre um dos médicos presos nesta quarta-feira (28), suspeito de envolvimento no fornecimento de materiais hospitalares descartáveis reutilizados na Grande Vitória, e os dois empresários proprietários da Golden Hospitalar. A investigação aponta que o ortopedista Rodrigo Souza Soares era sócio da empresa.

A prática foi descoberta durante a Operação Lama Cirúrgica, do Núcleo de Repressão à Crimes Organizados e à Corrupção (Nuroc).

As conversas aconteceram por meio de um grupo de aplicativo de mensagens em que estavam o médico Rodrigo e os empresários Gustavo Deriz Chagas e Marcos Roberto Krohling Stein.

O grupo no aplicativo foi criado em outubro de 2015. Na primeira mensagem, o médico Rodrigo diz aos outros dois: “Bora ganhar dinheiro? Vamos nos reunir, hoje às 19:30h na churrascaria?”.

Em outro diálogo, de julho de 2016, o ortopedista comemora a existência da Golden Hospitalar.

“Parabéns o Xuxa e o Gustavo!!! Demorou mas saiu! Espero que nossa harmonia continue e que essa empresa possa mudar nossas vidas! Vamos cuidar dela como se fosse nosso filho, pois demorou 9 meses pra nascer!!! O segredo sempre foi a alma do negócio!!! E para finalizar parabéns para o Guski pelo aniversário, feliz aniversário e que você se torne nosso sócio, efetivamente, o mais breve possível…”.

Trecho divulgado pelo Nuroc no Espírito Santo (Foto: Reprodução)Trecho divulgado pelo Nuroc no Espírito Santo (Foto: Reprodução)

Trecho divulgado pelo Nuroc no Espírito Santo (Foto: Reprodução)

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here