Morre vira-lata que visitou túmulo do dono por 11 anos

Capitán tinha quase 16 anos e estava doente, mas mantinha-se fiel a Miguel Guzmán

Morre vira-lata que visitou túmulo do dono por 11 anos

peregrinação diária de Capitán chegou a fim. O cachorro que visitou o túmulo do dono, no cemitério de Villa Carlos Paz, em Córdoba, todos os dias, por quase 11 anos, faleceu – conforme noticiou a imprensa da Argentina, nesta terça-feira (20).

O vira-lata mais fiel da Argentina tinha quase 16 anos e foi encontrado sem vida no banheiro do local. De acordo com Héctor Baccega, diretor do cemitério, ele enfrentava problemas renais, e tinha dificuldade de locomoção. “Todos os dias, por volta das 18h, visitava a sepultura do dono”, contou Baccega.

“Nunca vi uma coisa tão fiel”, completou Marta Clot, florista do cemitério, à agência EFE. Capitán foi um presente de Miguel Guzmán ao filho, Damián, em 2005. Um ano depois de ser doado, Miguel morreu. O animal fugiu de casa e passou a viver próximo ao cemitério.

Segundo Baccega, Capitán poderia ter sido internado, com apoio da Fundación Proteccionista de Animales (FUPA), “mas preferimos deixá-lo, onde vivia e sentia-se tranquilo”, contou o veterinário Cristhian Stempels ao jornal La Voz. Entendidades de defesa dos animais, querem enterrar Capitán ao lado de Miguel.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here