Motorista pode ter cochilado em acidente com Kombi cheia de crianças em MG, diz polícia

motorista da Kombi escolar que capotou e deixou 13 pessoas feridas na manhã de sexta-feira (23) em São João Batista do Glória pode ter cochilado no volante, segundo a Polícia Civil. Na ocasião, o veículo caiu em um barranco de 15 a 20 metros de altura, capotou várias vezes e ficou preso à vegetação. Uma menina de 9 anos andou cerca de 4 km para conseguir socorro antes se ser internada na UTI.

De acordo com o delegado Danilo Gustavo Silva Costa, da Polícia Civil, o próprio motorista assumiu que pode ter cochilado no momento do acidente após ter trabalhado até tarde na noite anterior. Para a Polícia Militar, ele havia dito tentou desviar de um carro e perdeu o controle da Kombi.

“Ele relata que conhecia o trajeto, que já havia feito esse trajeto várias vezes, porém que ele havia trabalhado no dia anterior como entregador de lanches até por volta das 0h. E assim foi para casa, dormiu cerca de três horas e, 3h30, ele levantou, foi para o local onde o veículo estava estacionado e, a partir de então, passou a pegar as crianças, os passageiros, em cada ponto”, contou o delegado.

Foi depois de fazer esse trajeto inicial, recolhendo as crianças, que o veículo caiu no barranco, ainda na zona rural do município.

“Já no momento em que todos estavam dentro do veículo, no caminho para São João Batista do Glória, ele veio a perder o controle da kombi, da van, e caiu no desfiladeiro. Ele mesmo disse que acredita que tenha cochilado naquele instante que provocou o acidente”, concluiu o delegado.

Kombi escolar caiu em barranco de cerca de 20 metros em São João Batista do Glória (Foto: Reprodução EPTV)Kombi escolar caiu em barranco de cerca de 20 metros em São João Batista do Glória (Foto: Reprodução EPTV)

Crianças internadas

Ao todo, 12 crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos e uma mulher de 33 anos ficaram feridos no acidente. As vítimas foram socorridas após Stephany, de 9 anos, subir a ribanceira, andar por cerca de 4 km até uma pousada próxima ao local para pedir ajuda. Ela foi internada na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica com suspeita de traumatismo cranioencefálico.

Os 13 feridos foram atendidos no hospital da cidade e também na Santa Casa de Passos. Ele foram levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pelo Corpo de Bombeiros e por ambulâncias da Prefeitura de São João Batista do Glória.

“Nós havíamos recebido um contato prévio, informando sobre o acidente, que as vítimas viriam para a Santa Casa. Já havia sido acionada toda a equipe de plantonistas”, contou o diretor técnico da Santa Casa, José Ronaldo Alves. “Então quando as vítimas chegaram, a equipe já estava pronta para atendê-los. Eles foram chegando de forma gradativa, em um total de 13 pacientes. Um paciente foi imediatamente atendido, avaliado, e 12 ficaram internados no hospital”.

Menina subiu a ribanceira e andou 4 km para pedir ajuda (Foto: Reprodução EPTV)Menina subiu a ribanceira e andou 4 km para pedir ajuda (Foto: Reprodução EPTV)

Menina subiu a ribanceira e andou 4 km para pedir ajuda (Foto: Reprodução EPTV)

Ainda segundo Alves, um dos casos de imediato apresentou maior urgência, pela gravidade dos ferimentos. “Um paciente foi para a UTI adulto, porque teve que ser submetido a intubação orotraqueal, por deficiência respiratória e rebaixamento no nível de consciência. E dois foram para o bloco cirúrgia e em seguida retornaram para a UTI”.

Apos uma avaliação caso a caso, dois dos feridos já foram liberados. Outros 11 continuam internados na cidade. “Dois estão na UTI adulto. Eles tiveram trauma toráxico, abdominal e trauma ortopédico e estão estáveis. Temos dois na UTI pediátrica, que tiveram traumatismo cranioencefálico e estão estáveis. E pacientes na ala cirúrgica e pediatria. De sete pacientes, provavelmente quatro terão alta e os outros três estão bem”, conclui o diretor.

Pacientes continuam internados na Santa Casa de Passos (Foto: Reprodução EPTV)Pacientes continuam internados na Santa Casa de Passos (Foto: Reprodução EPTV)

Pacientes continuam internados na Santa Casa de Passos (Foto: Reprodução EPTV)

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here