Nestlé Portugal espera crescer entre 3% e 4% este ano

O diretor-geral da Nestlé Portugal, Paolo Fagnoni, manifestou-se hoje confiante na economia portuguesa e adiantou esperar que a empresa cresça entre 3% e 4% este ano, sendo que o início de 2019 “foi extremamente positivo”.

O início do ano foi extremamente positivo”, afirmou o diretor-geral, esperando que a subsidiária portuguesa cresça “entre 3% a 4%” este ano, acima do mercado, que em 2018 cresceu 2,9%.

Ainda este ano, a empresa espera que fique concluído no terceiro trimestre o projeto de ampliação da capacidade de armazenamento e modernização do centro de distribuição de Avanca, resultante de um investimento lançado em 2017 no valor total de cinco milhões de euros, que permitirá à Nestlé Portugal concentrar toda a gestão de cargas em Avanca.

Sobre a situação económica portuguesa, o diretor-geral manifestou-se confiante.

“Portugal será um dos mercados a crescer em 2019”, disse, apesar de reconhecer que há uma “série de incertezas na Europa”.

A confiança do consumidor “está no máximo”, apontou, salientando que tal “é extremamente positivo para o negócio”.

Relativamente ao dinamismo do setor do retalho, com a aposta nas promoções, o gestor disse que a tendência é que assim continue.

As vendas totais da Nestlé Portugal subiram 3,2% no ano passado, face a 2017, para 500 milhões de euros, tendo registado um “forte crescimento orgânico local de 4,9% através de todos os canais”.

Em 2018, a subsidiária portuguesa investiu mais de 50 milhões de euros em atividades marketing, além disso mais de 19 milhões de euros foram investidos na fábricas do Porto e de Avanca, como parte de um plano total de investimento, a 20 meses, de mais de 40 milhões de euros.

fonte:noticia ao minuto

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here