Nível do Rio Doce sobe em Colatina, mas situação ainda é crítica

O Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear) informou que o Rio Doce, que chegou ao nível zero no final do mês de setembro, subiu para 2 cm, na terça-feira (17). Além disso, a captação de água está normalizada, o que diminui a possibilidade de racionamento.

A vazão do rio, que estava em nível de alerta com apenas 87 metros cúbicos, também aumentou e agora registra 103 metros cúbicos por segundo. A vazão considerada normal é de 165 a 180 metros cúbicos, de acordo com o Sanear.

A estiagem prolongada no município, por conta da falta de chuvas, fez com que o prefeito Sérgio Meneguelli enviasse um pedido ao Governo do Estado de reconhecimento da situação de emergência no mês passado.

No pedido, Meneguelli informou que o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec) classificou a estiagem como nível II- Situação de Emergência.

O governador do Estado Paulo Hartung homologou o Decreto Municipal nº 20.618, de 05/09/2017, do prefeito, que declarou situação de emergência e agora o decreto tramita para aprovação e reconhecimento na esfera federal.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here