PMS prendem uma quadrilha que tinha roubado R$ 30.000,00 em dinheiro em uma oficina mecânica

Cinco homens acusados de pertencerem à uma quadrilha que tinha roubado R$ 30.000,00 em dinheiro em uma oficina mecânica em Montanha, foram presos numa operação conjunta entre as Polícias Militar e Civil, com apoio da Polícia Militar de Minas Gerais, nesta quinta-feira (9). Com o grupo foram recuperados R$ 13.300,00 em dinheiro e apreendidos dois revólveres, munições, dois veículos, drogas e outros materiais.

A operação se desencadeou após o roubo ocorrido no dia seis de novembro, numa oficina localizada no centro da cidade. Na ocasião, dois homens armados chegaram ao estabelecimento montados numa motocicleta Honda/CG, cor vermelha e anunciaram o assalto, levando aproximadamente 30 mil reais em dinheiro.

Segundo o tenente coronel Sebastião Aleixo Batista, comandante do 2º BPM, após o crime, os agentes do Serviço de Inteligência do 2º BPM, realizaram levantamentos e descobriram a autoria do roubo. As informações foram levadas ao conhecimento do poder judiciário de Montanha, o qual expediu os mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos nesta quinta-feira (9).

Nos imóveis residenciais dos acusados C.L.C.A. de 26 anos, I.S.P. de 22 anos, W.C.S. de 44 anos e R.S.C. de 44 anos, todos localizados na cidade de Montanha, foram apreendidos R$ 9.550,00 em dinheiro, um revólver calibre .32 e um veículo Fiat/Palio. Já na casa do indivíduo D.M.L. de 21 anos, situada na cidade de Nanuque/MG, foram encontrados e apreendidos um revólver calibre .38, R$ 3.750,00 em dinheiro, a motocicleta utilizada no roubo, e outros materiais.

Segundo o comandante, na cidade de Nanuque/MG foi cumprido também um mandado de busca e apreensão em desfavor do imóvel do adolescente R.F.S. de 16 anos, envolvido no roubo, porém ele não se encontrava no local no momento das buscas. Os mandados cumpridos na cidade de Nanuque foram realizados com a participação da Polícia Mineira.

Os criminosos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Montanha/ES.

O Crime

O acusado W.C.S. de 44 anos, funcionário da oficina, há cerca de três meses procurou o comparsa R.S.C. de 44 anos, e pediu a ele que contratasse alguns indivíduos a fim de roubarem a oficina, pois segundo W. seria fácil, já que ele sabia toda rotina da empresa, inclusive o dia e horário do pagamento dos funcionários.

R.S.C. contou que eles chegaram a planejar o roubo duas vezes neste período de três meses, mas não lograram êxito. Assim no dia seis de novembro, por volta das 09:30, W. ligou e confirmou que o roubo seria feito naquele dia, e que era para que ele recrutasse os demais comparsas. Assim R. entrou em contado com D.M.L. de 21 anos e um adolescente, ambos residentes em Nanuque/MG.

Posteriormente R. ligou para C.L.C.A. de 26 anos, o qual cedeu a arma utilizada no roubo. Naquela data R. e o indivíduo I.S.P. de 22 anos, ficaram encarregados de passar em frente a oficina e verificar se não havia nenhum risco.

Como tudo estava tranquilo, D.M.L. e o adolescente R.F.S. de 16 anos, foram ao local e praticaram o roubo e se evadiram até uma estrada de terra batida, que liga a cidade de Montanha ao Distrito de Cristal do Norte, local onde posteriormente o grupo se encontrou e realizou a divisão do dinheiro.

Participaram da operação agentes do Serviço de Inteligência, militares da Força Tática e militares da 4ª Companhia/2º BPM, com apoio do delegado e de um investigador da Polícia, além de militares da Polícia Mineira.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here