Polícia Civil do ES define banca para concurso com salários de até R$ 4,8 mil

O Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego cuidará de todos os processos de planejamento, elaboração e execução do concurso

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) definiu a empresa que cuidará de todos os processos de planejamento, elaboração e execução do concurso público do órgão, autorizado pelo governador Paulo Hartung e o Secretário de Segurança Pública André Garcia, em janeiro.

Trata-se do Instituto Acesso de Ensino, Pesquisa, Avaliação, Seleção e Emprego, que terá a missão de realizar serviços técnico-especializados para prestação de serviço de planejamento, elaboração e execução de processo seletivo de pessoal, através do concurso.

O instituto foi contratado sem a abertura de licitação, por meio de dispensa do processo com base no art. 24, inciso VIII, da Lei 8.666/93. Questionada sobre a utilização do recurso de dispensa, a Polícia Civil não respondeu até o fechamento desta matéria.

Ao todo, são 173 vagas para as funções de escrivão da polícia, perito oficial criminal, psicólogo, médico legista, auxiliar de perícia médico legal, investigador da polícia e assistente social, com remuneração de até R$ 4.860,60.

O último concurso público da Polícia Civil foi realizado em 2013. Segundo o Secretário de Segurança Pública André Garcia, as vagas são para a Grande Vitória e interior do Estado.

Confira o quantitativo completo de vagas e as remunerações:

– Escrivão de Polícia: 20 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

– Perito Oficial Criminal: 50 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

– Psicólogo – 4 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

– Médico Legista – 15 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

– Auxiliar de Perícia Médico Legal – 20 vagas – Remuneração: R$ 3.449,60

– Investigador de Polícia – 60 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

– Assistente Social – 4 vagas – Remuneração: R$ 4.860,80

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here