Policial cai em emboscada durante corrida particular em uber

 

Um policial civil que trabalha como motorista do Uber foi vítima de uma emboscada na manhã de ontem, em Jacaraípe, na Serra, após atender uma solicitação de corrida, fora do aplicativo da plataforma.

A vítima, que pediu para não ser identificada, disse que estava tomando café em uma padaria quando foi abordada por uma suposta cliente e, ao chegarem ao local indicado, que seria a casa de uma tia da passageira, dois bandidos se aproximaram do carro e anunciaram o assalto, um deles estava armado.

O motorista contou que travou as portas do veículo, conseguiu fugir de ré e acionou o Ciodes-190. Assim que chegou a um local que considerou seguro – a região não foi informada – ele liberou a passageira.

Policiais de uma radiopatrulha que foi acionada e viram, no bairro São Patrício, no mesmo município, o acusado Alexandre Monteiro Amorim, de 28 anos. Ele foi preso e conduzido à 3ª Delegacia Regional da Serra.

Ele foi reconhecido pela vítima, mas não portava a arma no momento da prisão. Mais tarde, na  delegacia, a vítima descobriu que a mulher que pediu a corrida pode estar envolvida na emboscada, pois a polícia encontrou fotos dela no celular do criminoso.

Essa não foi a primeira vez que o policial ficou frente a frente com bandidos: durante a greve da PM, em fevereiro deste ano, o carro dele foi alvejado por vários disparos. Segundo ele, somente a proteção
de Deus o mantém vivo.

“Quando eu saio para trabalhar peço muito a Deus para voltar para casa em segurança. Eu tenho um
filho de 1 ano e quatro meses, minha esposa, quero vê-lo crescer, casar ”, desabafou.

De acordo com um dos PMs que prenderam o criminoso, Alexandre foi detido quando estava em uma bicicleta, visivelmente tenso, tentando fingir que conhecia um cidadão que passava pela via.

Nesse momento, o Ciodes passou a informação sobre a tentativa de roubo do veículo e a característica de um dos suspeitos batia exatamente com o rapaz abordado.

A vítima foi avisada, passou no local e fez o reconhecimento. O delegado-chefe da Regional, José Luiz Pimentel Pazeto, autuou o criminoso por tentativa de roubo.

De acordo com a polícia, Alexandre já tem passagem por roubo, porte ilegal de arma e tráfico de drogas. Ele foi conduzido ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Reportagem de Luciana Pimentel e Hemerson Costa.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here