Postagens feitas por secretário horas antes de ser executado falava de morte

As últimas três publicações dele falavam sobre funeral, vida eterna e ‘presença física’

Veja publicações:

Um dos amigos chegou a comentar: “Credo, parece até que o senhor sabia que ia morrer. Descanse em paz”. E outro escreveu: “Quem está com Deus não tem medo de morrer. Ele sabia que se fosse a qualquer hora já tinha feito bastante aqui na terra, e como fez! Que saudade vou sentir de você, Zé. Que falta vai fazer pra mim e pra muita gente”.

POLÍCIA DESCARTA LATROCÍNIO

Uma força-tarefa foi montada entre as polícias Civil e Militar para investigar a morte do secretário de Gerência Geral de Itapemirim, José Mauro Sales, assassinado a tiros dentro de casa . O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, esteve em Itapemirim, acompanhado do secretário chefe de gabinete, Paulo Roberto, e do chefe de Polícia Civil, Guilherme Daré, para acompanhar o início das investigações.

O delegado responsável pelo caso, Djalma Pereira, explicou que no momento não serão divulgados detalhes da apuração policial. “Esse caso gerou uma comoção muito grande. Em relação à situação dele ser um funcionário da prefeitura, todas as investigações estão sendo feitas com sigilo e não descartamos nenhuma hipótese para o crime, exceto a de latrocínio porque nenhum pertence da vítima foi roubado”, disse.

“Assim que soube do crime determinei o reforço de policiamento na cidade e, ao lado do chefe de Polícia Civil, Guilherme Daré, garanti que a elucidação será uma de nossas prioridades”, disse André Garcia.

Qualquer informação que possa auxiliar a polícia pode ser repassada gratuitamente e anonimamente pelo 181.

O CRIME

José Mauro Sales morava sozinho em uma casa no distrito de Itaoca Praia, em Itapemirim. Os vizinhos chegaram a ouvir os disparos de arma de fogo por volta das 21h30, mas o corpo só foi encontrado uma hora depois.

De acordo com a Polícia Militar, José Mauro foi atingido por seis disparos. Na porta da sala e na parede da garagem havia marcas de sangue. Mesmo ferido, ele chegou a dar alguns passos, mas caiu na garagem.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here