Posto de saúde abandonado em Linhares completa 4 anos

Em julho deste ano, a Prefeitura de Linhares afirmou que a licitação seria feita em 30 dias, mas isso não aconteceu

A obra na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Shell, em Linhares, Norte do Estado, começou em 2012 e o plano era que, no ano seguinte, os moradores já seriam atendidos no local.

Na prática, não é isso que acontece. A realidade dos moradores do bairro Shell é esperar pela obra, que está atrasada, e ainda conviver com os problemas de uma construção abandonada.

Em julho deste ano, a Prefeitura de Linhares afirmou que a licitação seria feita em 30 dias, mas isso não aconteceu.

A estrutura do prédio está pela metade e é usada como abrigo por moradores de rua, o que deixa a vizinhança insegura.

“A todo momento, param carros esquisitos aqui na frente, com pessoas suspeitas que entram e saem durante a noite. Dá para ver as pessoas fumando, fazendo necessidades dentro da obra. As pessoas não conseguem nem caminhar em volta da pracinha, por causa do mal cheiro”, reclamou um morador à TV Gazeta.

Outro problema é a grande quantidade de lixo dentro o terreno. Por isso, não é raro ver urubus voando pelo local.

Se a UPA já estivesse funcionando, teria capacidade para atender 450 pessoas por dia, com atendimento médico, odontológico, pediátrico e de enfermagem, desafogando o Hospital Geral de Linhares (HGL).

Mas, andando pelos corredores do prédios, o que se vê é abandono e muitos problemas. Tudo isso, em frente a uma escola. Ou seja, as crianças ficam expostas a essa situação.

MAIS PRAZO

A Secretaria de Estado de Saúde garantiu que analisou a documentação enviada pelo município e a prefeitura já pode dar andamento ao processo de licitação. O estado fez o repasse de mais de R$ 2 milhões, mas, apesar disso, as obras ainda não foram retomadas.

Procurada, a Prefeitura de Linhares garantiu que, até dezembro, será lançado o edital de licitação para as empresas interessadas em realizar a obra, que deve ser iniciada em 2018.

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here