Preso caminhoneiro que confessou assassinato da esposa em Castelo

Sílvio Bruno, de 41 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (24). Ele confessou que matou a esposa, a dona de casa Maria Luciana Garcia, e disse que agiu em legítima defesa

O caminhoneiro Sílvio Bruno, de 41 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (24) em Castelo, no Sul do Estado. Ele confessou que matou a esposa, a dona de casa Maria Luciana Garcia, 35 anos, no dia 26 de setembro deste ano, após uma discussão.

Foto: Reprodução/Facebook

O mandado de prisão preventiva contra o caminhoneiro foi cumprido nesta manhã e ele não ofereceu resistência. “Disse que a esposa era usuária de drogas e que ela estava ficando violenta. Ele ainda alegou que agiu em legítima defesa”, informou o delegado Marcelo Meurer.

O corpo da vítima foi encontrado às margens da estrada rural que liga as comunidades de Santa Justa a Água Limpa, zona rural de Castelo.

No dia 2 deste mês, Sílvio Bruno já havia confessado a morte da mulher por se sentir ameaçado. A dona de casa era usuária de drogas e estava internada em um clínica de reabilitação da Grande Vitória. O marido foi buscá-la na manhã naquela manhã, mas o casal se desentendeu durante a viagem e ele cometeu o assassinato.

“No trajeto até Castelo, segundo ele, ela estava se comportando de maneira esquisita, e em um determinado momento, começaram a brigas. Quase chegando na casa deles, eles saíram do carro, a briga evoluiu para a agressão física, ele estava com um revólver e atirou. Ele disse que jogou a arma no mato”, revelou o delegado.

Em depoimento, o acusado disse que a mulher queria que ele passasse os bens da família para o nome dela, e ainda estava pedia para fazer seguro de vida. E a partir daí ficou desconfiado”.

Logo após o crime, o acusado ligou para os pais, contou que havia assassinado a esposa e seguiu para uma viagem de trabalho, que já estava marcada. .

Sílvio Bruno foi encaminhado ao Centro de Detenção de Provisória de Cachoeiro e vai responder pelo crime de feminicídio.

Gazeta Online

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here