Produtores mudam estratégia de cultivo de hortaliças para lucrar no frio

A queda de temperatura afeta o consumo e muitos agricultores preferem investir nesta época em alimentos que podem ser utilizados em pratos quentes.

normal sentir mais fome no frio. O consumo de muitas hortaliças, no entanto, diminui. É que os consumidores deixam de lado algumas verduras e ervas para focar em outros alimentos, como alguns tipos de legumes.

Produtores mudam estratégia de cultivo de hortaliças para lucrar no frio

Produtores mudam estratégia de cultivo de hortaliças para lucrar no frio

Valdir José Godinho planta hortaliças em 8 hectares em Piedade (SP). A maior produção é de salsinha. Em média, são 3 mil maços por mês. Ele também cultiva repolho. Só que nesta época, a procura cai bastante. Ele diz que a redução gira em torno de 50%.

Para enfrentar esse período, Valdir conta que vai diminuindo o plantio para tentar ajustar a oferta com essa queda da demanda, evitando sobra de mercadoria.

Por outro lado, certos legumes fazem sucesso e são mais procurados. É o reflexo da preferência por sopas e caldos durante o outono e o inverno. E é exatamente plantando cenoura e beterraba que o Valdir consegue atravessar as estações mais frias sem ter prejuízo na lavoura.

Já no outono, ele aproveita para semear a aveia e os legumes. Aí é só colher no inverno.

Em outra propriedade, também localizada em Piedade, mais de 400 caixas de acelga são produzidas por semana, mas o número cai para no máximo 250 no período frio. A estratégia de Marcelo Aparecido Almeida é cultivar abobrinha, o que, segundo ele, deu muito certo.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here