Paulo Vaneli disse “Se a saúde de Rio Bananal estava no CTI, hoje ela está com um pequeno resfriado”.

Em resposta a população ribanense, o secretário de saúde Paulo Vaneli e sua equipe que são responsáveis pela saúde do município de Rio Bananal, entraram em contato com nosso portal de notícias Bananal Online, para esclarecer a reportagem que foi ao ar nesta quinta-feira, dia 21, falando sobre fila de espera no AMA e explicar sobre o que tem acontecido interna e externamente no departamento de saúde.

O secretário se referiu como “bando de desocupados e mentirosos” aqueles que fizeram as reclamações com nossa equipe em relação a fila de espera, dizendo ainda que todas as informações passadas para nossa reportagem eram falsas.

Segundo o secretário, as pessoas chegam mais cedo na fila por opção delas e acrescentou que disponibilizaram para as pessoas que esperavam na última quinta-feira, cafézinho e biscoito, e que a fila existe por questão de organização na distribuição das senhas.

Segundo a secretaria de saúde nos informou , o município de Rio Bananal tem as seguintes especialidades médicas disponíveis:
Cardiologista
Pediatra
Ginecologista
Infectologista
Reumatologista
Ortopedista
Psicólogo
Nutricionista
Fonoaudiologo
e conta ainda com seis fisioterapeutas.
Segundo eles, este grupo é responsável pelo atendimento e cumpre a demanda da população.

O portal de notícias Bananal Online perguntou se faltava medicamentos nas unidades de saúde:

Paulo Vaneli disse que SIM, e que alguns medicamentos é de responsabilidade do Governo Estadual e Federal, pois a responsabilidade da parte do município já está em andamento, e até finalizado.

O portal de notícias Bananal Online perguntou se faltava médico nas unidades de saúde:

Sobre a falta de médico em alguma unidade de saúde,
Vaneli nós esclareceu dizendo que o município de Rio Bananal é cadastrado no Programa Mais Médicos e que o prazo para encaminhamento do profissional pedido, é de cerca de 90 dias. Ainda disse que, já foi encaminhado dois pedidos de um novo médico mas que não houve comparecimento destes para atendimento à população. Um processo de contratação segue em andamento com pedido de um novo profissional que, acredita o secretário , vai demorar em torno de 30 dias para o problema no Santa Rita acabar.

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here