Secretário municipal de Vargem Alta é afastado do cargo por fraude em licitação de combustivel

O MPES denunciou irregularidades na aquisição de combustíveis, fazendo com que somente um posto da cidade, de propriedade do secretário, participasse da licitação

Imagens de internet

O juiz da Vara Única de Vargem Alta, José Pedro de Souza Netto, afastou por meio de liminar assinada na última quarta-feira (22), o secretário de Administração do município, Altair Franco de Moraes, por suposta participação em fraude em licitação para a compra de combustíveis em 2011.

Na ação, movida pelo Ministério Público Estadual (MPES), Altair e o ex-prefeito Elieser Rabelo (PMDB), teriam frustrado o caráter competitivo da licitação, limitando a distância do fornecedor a uma distância de no máximo 4 km da garagem da frota da prefeitura, o que tornou apenas um posto da cidade apto participar do pregão.

O afastamento de Altair do cargo de secretário municipal foi acatado após o órgão ministerial sustentar que o réu poderia influenciar no processo com possíveis modificações de provas.

Procurados pela reportagem, a prefeitura informou que vai cumprir a determinação da Justiça e aguardar a apuração dos fatos. Já o secretário, Altair Franco, afirmou que não influenciou na elaboração do edital e que não foi notificado. Assim que isso acontecer, vai recorrer da decisão. Elieser Rabello não foi localizado pela reportagem até a publicação desta matéria.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here