Tentativa de roubo a um carro-forte deixa caminhoneiro morto


Uma tentativa de roubo a um carro-forte terminou com ao menos uma pessoa morta no km 14 da rodovia dos Tamoios, na região de Jambeiro, no Vale do Paraíba, em São Paulo, na noite dessa terça-feira (21).

Uma quadrilha fortemente armada, em ao menos dois carros, disparou vários tiros contra o blindado da Brinks para obrigar o motorista a parar. Os seguranças revidaram e teve início um tiroteio.

Durante a troca de tiros, um caminhoneiro que trafegava pela rodovia foi baleado e morreu no local. O nome da vítima não foi divulgado pela polícia.

O motorista do carro-forte dirigiu na contramão da rodovia e conseguiu fugir dos criminosos. A quadrilha tentou perseguir o blindado, mas desistiu do roubo.


Os criminosos roubaram um caminhão baú, atravessaram no km 9 da rodovia dos Tamoios e atearam fogo para impedir a aproximação da polícia.

Caminhão queimado
Caminhão foi queimado pelos criminosos durante a fuga. Foto: Divulgação/Grupo Ocorrência 24 Horas

Na fuga, a quadrilha abandonou um carro blindado roubado utilizado na tentativa de roubo no km 105 da pista sentido Taubaté da rodovia Carvalho Pinto. Os ladrões roubaram outro veículo de um motorista que passava pelo local.

Carro-forte alvo dos criminosos
Carro-forte alvo dos criminosos. Foto: Reprodução/Câmera Concessionária Tamoios

No interior do veículo abandonado pelos criminosos, foram encontradas munições de fuzil ponto 50 e 762 e um suporte para utilização da arma.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os fuzis ponto 50 utilizados pela quadrilha podem derrubar até helicópteros.

O carro utilizado pelos criminosos também tinha sido adaptado para confrontos. No vidro traseiro, foram feitos dois buracos para que eles pudessem atirar.

O caminhão baú incendiado e o carro da quadrilha foram apreendidos e levados ao 1º DP de Jacareí. Até a madrugada desta quarta-feira (22) nenhum suspeito tinha sido preso.

Reportagem: Martha Alves (Folhapress)

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here