Transmissão ao vivo em rede social é feito por presidiários exibindo drogas dentro de cela

Dois detentos foram flagrados fazendo uma transmissão ao vivo exibindo drogas na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde, na região sudoeste de Goiânia. De acordo com a Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap), os serviços de inteligência do órgão descobriram a gravação nas redes sociais, e os dois presos foram levados para prestar esclarecimentos à Polícia Civil.

A Seap informou que foram encontradas porções de drogas, além de vários aparelhos celulares na cela onde os detentos estavam. O órgão disse ainda que os presos, após prestarem depoimento na delegacia, foram transferidos para outra unidade prisional. “Foi aberto também procedimento administrativo para apuração dos fatos”, diz o texto da nota.

O caso ocorreu na noite de domingo (1°), na CPP de Rio Verde. Na transmissão, que teve mais de 55 expectadores no Instagram, os presos fazem piadas, mostram os colegas de cela, e exibem, nas mãos, uma porção de maconha.

A Seap não divulgou para qual unidade os dois presos foram transferidos.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here