Triste coincidência: pai de médica baleada morreu com tiro na cabeça

O crime contra a médica Milena Gottardi Tonini Frasson, baleada na cabeça dentro do estacionamento do Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam), revelou uma infeliz coincidência e lamentável histórico de insegurança pública. O pai dela, o agricultor Honório Tonini, 58 anos, foi brutalmente assassinado em fevereiro de 2001, no sítio da família localizado no distrito de Pendanga, a aproximadamente quatro quilômetros de distância de Fundão.

Depois de ter passado o carnaval quebrando milho para garantir o sustento da família, o agricultor foi surpreendido por três assaltantes.

“Honório saía do sítio para retornar a Fundão, quando três bandidos chegaram, a pé, e pediram água para colocar no radiador do carro, que havia esquentado”, contou um parente na ocasião do crime.

“Ele, então, entrou, pegou um litro de água e, no momento de entregá-lo aos assaltantes, foi rendido e levado para a cozinha”, acrescentou o parente.

Além do agricultor, o pai dele e os irmãos também estavam no sítio da família. Com a metade do rosto coberto por camisas para não serem reconhecidos, os assaltantes — aparentando ter entre 20 e 25 anos — entraram e renderam o pai e os irmãos do agricultor.

Durante 15 minutos, o assaltante revistou a casa até encontrar e roubar dinheiro, um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 22.

Após o saque, o assaltante que mantinha Honório na cozinha o levou para a sala. Os bandidos mandaram o agricultor ficar de cabeça baixa e sentar ao lado do irmão. Honório olhou para o ladrão e foi ferido com um tiro no rosto, pouco abaixo do olho direito.

Depois de atirar, os assaltantes mandaram que os demais reféns ficassem juntos e os amarraram. Mesmo ouvindo os gemidos de Honório e os apelos do irmão, que pedia para que deixassem socorrê-lo, os bandidos não permitiram que o agricultor fosse socorrido.

O bando permaneceu ainda meia hora no local, e fez uma segunda revista nos cômodos da casa. Os assaltantes fugiram no Gol, MOY 7009, que pertencia a Honório. O agricultor morreu a caminho do hospital.

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here