Vaga de moto termina em briga de Tenente com vizinhos, até esposa leva tiro

O tenente reformado Renato Brandão, de 51 anos, que é subsíndico do prédio, não teria gostado de ver uma moto estacionada em um local do condomínio

Uma discussão por causa de uma vaga de garagem em um prédio no bairro Itapoã, em Vila Velha, terminou em tiros e uma pessoa ferida na madrugada deste sábado (7). O tenente reformado da PM Renato Brandão, de 51 anos, que é subsíndico do prédio, não teria gostado de ver uma moto estacionada em um local do condomínio.

A confusão começou quando o tenente interfonou para o apartamento de uma moradora, que é cunhada do dono da moto, e pediu para retirar o veiculo do local. Renato foi indagado pelo proprietário da moto o motivo do pedido, já que sempre estacionou o veículo no mesmo lugar.

O dono do veículo desceu até a garagem com a esposa e a cunhada para retirar a motocicleta. O tenente, junto com a sua esposa, de 47 anos, também desceu. O grupo discutiu durante alguns minutos, quando o tenente sacou uma arma e atirou contra as três pessoas que estavam no local. A esposa do proprietário segurou o braço do tenente, e um tiro acertou a perna dela.

O tenente colocou a vítima no carro e a levou para o Hospital Estadual Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha. A corregedoria da Polícia Militar conduziu Renato para o presídio da PM e o tenente reformado vai responder por tentativa de homicídio.

“Nunca deu problema para ninguém”

Segundo o síndico Carlison Ferreira, de 49 anos, Renato é uma pessoa que nunca trouxe problemas para o local. “Ele é uma pessoa que nunca deu problema com ninguém. Falava com forma autoritária e zelava pela ordem do prédio”.

Com informações de Raquel Lopes

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here