STF nega a prisão de Aécio Neves e determina a perca do mandato

A primeira Turma do Supremo decidiu que o senador do PSDB continua solto, mas deve ser afastado do mandato e entregar o passaporte

Aécio teve 51 milhões de votos na eleição presidencial de 2014

Os ministros da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram nesta terça-feira 26, por 5 votos a 0, pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Mas, por 3 votos a 2, determinaram o afastamento do parlamentar do mandato.

A decisão também determina que Aécio entregue seu passaporte, o que o impede de sair do país, e permaneça em recolhimento noturno, ou seja, que permaneça em casa à noite.

 

Continua depois da Publicidade:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here